Switch to |
EntrePortas - Imobiliária

Prepare-se para a praia nas cascatas do Minho

Prepare-se para a praia nas cascatas do Minho

O Parque Nacional da Peneda-Gerês, no Minho, esconde cascatas, lagoas e piscinas naturais, que têm atraído cada vez mais turistas. Ajudamo-lo a chegar lá.

Começou a contagem decrescente para o verão e ninguém deseja aparecer na praia sem ter o corpo bronzeado e tonificado. A melhor solução para ensaiar o regresso ao mar está nos lugares verdadeiramente mágicos do Alto Minho. Ali, entre Viana do CasteloCaminha Vila Nova de Cerveira, conseguirá cumprir tudo aquilo de que precisa nos meses que faltam antes de vestir o biquini ou os calções de banho: caminhar para tonificar os músculos, mergulhar em águas paradisíacas com total privacidade, apanhar sol e descansar. Além de arriscar uma experiência inesquecível, ainda vai certamente descobrir lugares que não imaginava existirem tão perto. Desde logo, os segredos alojados no Parque Nacional da Peneda-Gerês, no coração do Norte de Portugal. Entre os 72 mil hectares do Parque - o único parque nacional português -, escondem-se várias cascatas, lagoas, barragens e piscinas naturais, que têm atraído um cada vez maior número de turistas e de pessoas que ali procuram casa de férias. São cenários paradisíacos, nem todos de fácil acesso, mas aos quais vale a pena ir pelo menos uma vez na vida. A ENTREPORTAS Imobiliária partilha as coordenadas para que possa encontrá-los.

 

Artigo Relacionado: Viana do Castelo vê reconhecido o seu património cultural imaterial

 

1. Cascata de Fechas de Barjas (Tahiti) - Gerês

Por alguma razão a Cascata Fecha de Barjas, situada no Parque Nacional da Peneda-Gerês, é confundida com a ilha do Tahiti, na Polinésia Francesa. As águas provenientes do rio Arado fazem dela uma das quedas de água mais deslumbrantes da região. Acresce que está rodeada de areia e águas cristalinas, transformando-a num local privilegiado para banhos. O caminho, até descobrir esta cascata paradisíaca, não é difícil, mas exige cuidado e algum sentido de equilíbrio. Todo o percurso é feito a pé, pela margem esquerda do rio Arado, na estrada que liga Vilar da Veiga à aldeia de Ermida, junto à ponte sobre o rio. Aí chegado, é preciso descer um caminho em terra batida e passar o rio Fafião. Nesse momento, já vai conseguir espantar-se com a beleza da paisagem. Dependendo do nível de água do rio, ainda é possível continuar a descer. Até porque a queda de água termina na tão desejada lagoa de águas calmas e transparentes.

2. Cascata do Arado - Gerês

A cascata do Arado, situada a uma altitude de 900 metros, em pleno coração do Gerês, é tão famosa e tão bonita como a cascata do Tahiti, mas o percurso é muito mais simples. Além disso, há indicações ao longo de todo o caminho, sendo que só o ultimo quilómetro tem de ser feito a pé. Ao contrário da proposta anterior, esta é aconselhável para crianças. Enquanto caminha, é possível ver sucessivas quedas de água entre as rochas, pequenas poças de água e lagos com peixes. No fim, qual bónus, ainda encontra um belíssimo vale para piqueniques. Também pode subir ao miradouro, pela escadaria de pedra, para contemplar a cascata e aldeia da Ermida, que fica a três quilómetros de distância. É um local maravilhoso para visitar, mas aqui os banhos são desaconselhados.

3. Cascata da Portela do Homem - Gerês

Cascata de Vieira do Minho

A cascata da Portela do Homem fica situada nas Caldas do Gerês, no concelho de Terras de Bouro, junto à fronteira com Espanha. É um lugar mágico, de águas transparentes e aves coloridas, mas não é fácil lá chegar. Se tiver muito cuidado, a lagoa que vai encontrar vai compensar o esforço e a cautela. Para a encontrar, precisa de sair do centro das Caldas do Gerês em direção à Barragem da Caniçada, continuar pela estrada até Portela do Homem, atravessar a ponte sobre o rio e estacionar o carro no parque. Depois, precisa de descer um caminho bastante íngreme. Entre a cascata e a lagoa são cerca de cinco minutos a pé. O caminho de regresso faz-se através de trilho, quase escondido, que vai encontrar do lado esquerdo, antes da ponte.

4. Cascata da Peneda - Serra do Gerês

A cascata da Peneda, localizada na Serra da Peneda, é tão imponente, que pode ser vista ao longe (é visível da freguesia de Gavieira, no concelho de Arcos de Valdevez). Há quem diga que é a cascata mais instagramável do Alto Minho. Entre as suas características particulares, destaca-se o desnível de 30 metros, que faz com que o barulho seja ensurdecedor quando se chega perto, e o facto de a água cair nas traseiras dos antigos dormitórios dos peregrinos do Santuário de Nossa Senhora da Peneda, juntando-se depois ao rio da Peneda. Aliás, de acordo com a lenda, é Nossa Senhora da Peneda quem cuida desta cascata e da sua envolvente. Assim sendo, também pode aproveitar para visitar o Santuário, desde que ainda tenha energia para subir 300 degraus.

 

Artigo Relacionado: No Alto Minho, onde prefere comprar casa?

 

5. Cascata do Rio Laboreiro - Melgaço

A cascata do Rio Laboreiro, localizada em Castro Laboreiro, concelho de Melgaço, perto da fronteira com Espanha, oferece banhos e cultura, uma vez que também pode visitar os vestígios megalíticos que lá existem e dois moinhos que enquadram o Poço Sero. A queda de água é formada pelas águas do rio Castro Laboreiro que atravessam este local serrano, com um acentuado desnível, precipitando-se do cimo de altas fragas rochosas num mar de espuma branca. Esta cascata também pode ser vista do cimo das muralhas do Castelo de Castro Laboreiro. Esta visita só é aconselhável no verão, uma vez que não é raro nevar ali no inverno.

6. Cascata da Ferida Má (Cascata do Pincho) - Serra d'Arga

É difícil imaginar um lugar mais bonito que a cascata da Ferida Má, também conhecida como a cascata do Pincho, mesmo se está longe de figurar entre as cascatas mais altas da região. A paisagem natural desta cascata, localizada na freguesia de Montaria, na Serra d'Arga, dividida pelos concelhos de CaminhaPonte de LimaViana do Castelo e Vila Nova de Cerveiraé deslumbrante. Ostenta várias quedas d’água que criam piscinas de água verde-esmeralda oriundas do rio Âncora, perfeitas para relaxar e nadar. Para lá chegar, o ponto de partida mais simples é a localidade de Amonde, em Viana do Castelo. Siga pela estrada nacional até encontrar um placa que diz "Pincho" e depois suba até poder estacionar o carro. O resto do caminho, que não é longo, só pode ser feito a pé.

 

Artigo Relacionado: Caminha: Romaria de São João D'Arga é uma das 7 Maravilhas de Portugal

 

7. Cascata da Rajada -  Serra do Gerês

A Cascata da Rajada é uma das várias quedas de águas que se escondem num vale profundo do rio Arado, perto da aldeia da Ermida, em plena Serra do Gerês, no concelho de Vilar da Veiga. O lugar é paradisíaco, mas o caminho exige boa forma, uma vez que ir e voltar implica quase quatro quilómetros de percurso pela natureza. Chegado ao Miradouro da Ermida, é necessário atravessar a aldeia e percorrer dois quilómetros em terra batida até encontrar a cascata. Pelo caminho, é possível fazer um desvio de cerca de 500 metros até ao Miradouro da Vela, que proporciona uma vista de cortar a respiração sobre o vale do rio Arado.

8. Cascata do Poço Azul - Gerês

Tem que querer mesmo muito conhecer aquele que é um dos segredos mais bem guardados do Gerês, para arriscar fazer a caminhada. A cascata do Poço Azul, também chamada cascata do Poço Verde (a tonalidade da água varia de acordo com a intensidade da luz), é um lugar deslumbrante que mistura uma explosão de cores no meio do silêncio e da água serena. No entanto, implica uma caminhada de oito quilómetros para cada lado, quase toda feita pelas pedras do rio. E nem todos conseguem acertar na direção. Em compensação, pode sempre encontrar dois miradouros que oferecem uma vista única para as montanhas e para o vale do rio Arado: o Miradouro Cilhas e o Miradouro Vela.

 

Artigo Relacionado: Viana do Castelo candidata a Cidade Criativa da UNESCO em 2020

PESQUISAR
PEDIDO DE CONTACTO
PARTILHAR EM:

Imóveis em Destaque: Norte de Portugal

Areosa, Viana do Castelo
€ 2 750 000
Venda de Armazém, Areosa, Viana do Castelo
Ref.: VCC13617
5 217 m2 6 609 m2
Vila Nova de Anha, Viana do Castelo
€ 265 000
Venda de Moradia V3 em construção, V. N. Anha, Viana do Castelo
Ref.: VCC13646
3
BAIXA DE PREÇO
Real, AtaÍde e Oliveira, Amarante
€ 50 000
Venda Terreno, Vila Meã, Amarante
Ref.: MC09184
6 270 m2
OPORTUNIDADE
Real, AtaÍde e Oliveira, Amarante
€ 250 000
Venda Terreno de 45.800 m2 p/ construção, Real, Amarante
Ref.: MC09141
45 800 m2
Bagunte, Ferreiró, Outeiro Maior e Parada, Vila do Conde
€ 96 000
Venda de terreno para construção c/ poço em Ferreiró, Vila do Conde
Ref.: VC00605
1 000 m2 1 000 m2
Santa Marta de Portuzelo, Viana do Castelo
€ 30 000
Terreno - Samonde
Ref.: VCM10863
500 m2 500 m2
Copyright 2018 © ENTREPORTAS.  |   LUXIMO'S