Switch to |
EntrePortas - Imobiliária

10 Truques para melhorar o sinal de Wi-fi e ter internet mais rápida 

10 Truques para melhorar o sinal de Wi-fi e ter internet mais rápida 

Decidiu trabalhar a partir de casa mas confrontou-se com uma velocidade de internet que não acompanha o seu ritmo de teletrabalho? Saiba como resolver isso.

Um terço da população mundial já esteve, este ano, confinada à própria casa. Foram mais de três mil milhões de pessoas que, de uma só vez, foram obrigadas a gerir toda a sua vida - laboral, pessoal e recreativa - a partir do espaço que antes representava apenas tendencialmente descanso e lazer. A primeira ferramenta a ressentir-se terá sido, por isso, a internet, sem a qual mais de metade do nosso quotidiano fica hoje em pausa.

De repente, pais e filhos estão todos ligados ao mesmo tempo cumprindo finalidades diferentes. Portanto, ver uma série em streaming no computador deixa de ser simples, fazer download de um vídeo exige mais paciência do que era habitual, e dar continuidade aos jogos no tablet pode implicar um desafio extra para superar a lentidão da rede wireless sem ter um ataque de nervos. Ter reuniões por Zoom, com a ligação sempre a despenhar-se, pode ser mesmo um sarilho. Subitamente, há famílias inteiras a dizer mal do Wi-fi. Já lhe aconteceu?

 

Artigo Relacionado: Pandemia faz aumentar procura de casas com jardim, terraço ou quintal

 

A boa notícia é que há uma quantidade razoável de truques simples para voltar a acelerar a internet, sem que precise sequer de perceber muito do assunto. Antes, no entanto, deve saber exactamente qual a velocidade que contratualizou com a operadora de telecomunicações que lhe presta o serviço. Antes de ligar a solicitar essa informação (caso não saiba ou não se lembre), tenha já um teste realizado do seu lado. Agora há várias aplicações gratuitas de speed test, que lhe dizem, em menos de 30 segundos, o ritmo a que responde a sua internet. O speedtest.net da google é um dos mais eficazes.

Se a velocidade não coincidir com a que consta no seu contrato, saiba que pode rescindir com a operadora sem ser penalizado por isso. 

Se a velocidade coincidir com o contrato mas não com a sua expectativa, experimente os dez truques que a ENTREPORTAS Imobiliária partilha de seguida. Como vai perceber rapidamente, tudo gira em torno do router, uma pequena caixinha que é, por assim dizer, o esqueleto e o músculo da internet. Tudo passa por ali, por aquele aparelho que distribui a internet pela sua residência.

 

1. Reiniciar o router com frequência
Quase ninguém o faz, mas toda a gente devia fazê-lo: desligar o router durante a noite. Às vezes, resolver a lentidão da internet é tão simples quanto isto. Um router que nunca é desligado é um router que vai aquecer demasiado e enfraquecer o sinal Wi-fi. Se ganhar o hábito de o desligar quando todos vão dormir, vai sentir melhorias no sinal todos os dias.


2. Verificar a posição do router
Uma das decisões mais importantes tem a ver com o local de instalação do router. A localização deve depender da habitação que possui - moradia ou apartamento, rés-do-chão ou vários pisos, imóvel pequeno ou grande - e também da quantidade de aparelhos que dele dependem. Isto porque a rede vai ficando cada vez mais fraca à medida que se for afastando do router. E quantos mais obstáculos o router tiver de enfrentar - portas, paredes, cortinas, estantes -, pior. O ideal é o colocar o dispositivo no local mais central e mais alto da casa, para que as ondas de rádio por ele emitidas não encontrem barreiras. Também é importante que não fique instalado perto de eletrodomésticos ou telefones, uma vez que o sinal desses aparelhos interfere na ação do router.


3. Proteger a rede da utilização alheia
Qualquer um de nós pode estar sujeito a ver roubada uma password. Mas convém dificultar essa possibilidade. Imagine que vive numa propriedade amarela e o nome escolhido para a sua rede é "casa amarela". Ou que vive num condomínio cujas caixas de correio estão localizadas à entrada, e que a sua tem uma etiqueta com o nome da sua família - Família Silva, por exemplo - e que esse é justamente o nome escolhido para a sua rede. Lembre-se que quando alguém está à procura de sinal, surge uma lista com uma série de redes possíveis. Se for fácil identificar a sua - casa amarela ou família Silva -, isso é o mesmo que estar em casa com a porta aberta. Nesse caso, várias pessoas poderão utilizar indevidamente o seu sinal, enfraquecendo a velocidade da rede. Descarregue uma daquelas aplicações que lhe permitem saber, em determinado momento, quantos dispositivos estão ligados à sua rede. É o equivalente a saber se está sozinho em casa ou não. Tendo esta informação, pode bloquear o acesso aos aparelhos que não lhe pertencem.

 

4. Alterar palavra passe com frequência
Há quanto tempo não muda a password da sua Internet? Na dúvida, vá mudando sempre. Não apenas porque pode ser roubado, como explicado anteriormente, mas também porque os seus vizinhos podem ter contratualizado um acesso mais lento e, mesmo de forma inconsciente, estarem a beneficiar do seu seu Wi-fi. Lembre-se que a internet escolhe sempre o caminho mais rápido.

 

 

 

Artigo Relacionado: Casas mais eficientes: conheça os apoios do governo para fazer obras

 

5. Melhorar o alcance do sinal do router
Mais uma vez, a casa  em que vive é importante. Sobretudo se tiver vários pisos. Ou se quiser ter internet também na piscina ou no jardim. Se nada funcionar para tornar o desempenho da sua internet aceitável, pode equacionar comprar um segundo router, com mais alcance, ou então obter um dispositivo PLC (Power Line Communication), que basicamente vai usar a rede elétrica de casa em vez do router, para expandir o alcance do sinal.

 

6. Investir num amplificador de sinal
Há também quem opte por adquirir amplificadores de sinal Wi-Fi. São pequenos aparelhos que pode espalhar, por exemplo, pelos quartos das crianças, para agilizar o seu estudo, se for o caso. O amplificador de sinal faz diferenças em apartamentos duplex ou com muitas curvas, e em moradias com vários andares e paredes grossas.

 

7. Alterar o canal de ligação do router

Vive num apartamento no interior de um condomínio fechado e numa rua com vários prédios? Então, está rodeado de vizinhos, logo, de routers. A rede wireless vai obviamente ressentir-se. É como ter vários protagonistas, cada um deles a disputar o seu palco. Neste caso, o palco é o canal. O segredo passa por procurar um canal que possua o menor número possível de interferências. Se descarregar a aplicação Wifi Analyzer (para android) ou o Network Analyzer (para IOS), vai receber a informação sobre qual o melhor canal para o seu router.


8. Gerir e hierarquizar aplicações
A família inteira está em casa e cada elemento está, à mesma hora, a realizar tarefas completamente diferentes? Há quem esteja a trabalhar e quem esteja a jogar jogos online? Quem esteja em reuniões e quem esteja a ver vídeos? Quem esteja em vídeo-chamadas e quem esteja a fazer download de programas? São demasiadas tarefas para uma só rede de internet. Uma das formas de resolver este excesso de funções é tornar algumas prioritárias. Assim, saiba que pode aceder ao QoS (Quality of Service) do seu router e programá-lo para dar preferência a determinadas atividades em detrimento de outras. Por exemplo, se está a trabalhar em casa, pode decidir que as vídeo-chamadas têm uma espécie de via verde em relação aos jogos online. 


9. Ajustar antenas exteriores
Os router mais recentes têm apenas antenas interiores. Aqueles que são mais antigos têm também antenas exteriores. Depois de verificar qual é o seu caso, ajuste as antenas, que devem desenhar uma cruz, ou seja, uma na horizontal e outra na vertical. É a melhor disposição para ampliar o sinal. Se só tem uma antena externa, opte por comprar outra, porque vai sentir a diferença.

 

10. Verificar atualizações de programas

Finalmente, faça um check up doméstico ao seu computador, para perceber se tem periodicamente realizado as actualizações que vão sendo pedidas. Um navegador desatualizado (do Internet Explorer, ao Google Chrome, passando pelo Mozilla Firefox) é mais de meio caminho andado para tudo começar a bloquear. Limpar o histórico é, também, uma tarefa fundamental. Quando mais pesado, mais lento. Verifique também os vírus e o espaço que ainda tem disponível no disco rígido. Com menos de 10% livres, não é possível à internet ter um bom desempenho.

 

Artigo Relacionado: Aumenta a procura de casa em regiões com menor densidade populacional

PESQUISAR
PEDIDO DE CONTACTO
PARTILHAR EM:

Imóveis em Destaque: Norte de Portugal

OPORTUNIDADE
Póvoa de Varzim, Beiriz e Argivai, Póvoa de Varzim
€ 22 000
Venda de Garagem fechada com 30 m2, Póvoa de Varzim
Ref.: PV09047
2
Igreja Nova, Barcelos
€ 50 000
Venda de Moradia para restauro, Igreja Nova, Barcelos
Ref.: VCC12814
610 m2 736 m2 2 1
Penhalonga e Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses
€ 110 000
Venda Moradia V6, Penha Longa, Marco de Canaveses
Ref.: MC04128
208 m2 5
Perre, Viana do Castelo
€ 78 000
Venda de moradia V3+1 com logradouro, Perre, Viana do Castelo
Ref.: VCM12811
200 m2 327 m2 3
Gove, Baião
€ 17 500
Venda Terreno, Gove, Baião
Ref.: MC08786
292 m2
Vila do Conde, Vila do Conde
€ 160 000
Venda de apartamento T2 com vista mar nas Caxinas, Vila do Conde
Ref.: VC02265
2
Copyright 2018 © ENTREPORTAS.  |   LUXIMO'S