Switch to |
EntrePortas - Imobiliária

Viana do Castelo é o destino de Natal em 2021

Viana do Castelo é o destino de Natal em 2021

Viana do Castelo soma e segue: afirma-se como destino de paragem obrigatória e ambiciona ser Capital Europeia da Cultura em 2027

 
O futuro passa definitivamente por Viana do Castelo. A cidade costeira do Norte de Portugal, que somou inúmeros prémios em 2021 - as pirogas do Rio Lima foram classificadas como tesouro nacional, a Festa das Rosas foi integrada no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial da cidade, a Torta de Viana foi certificada a nível nacional -, e cujos estudos a caracterizam como sendo uma das cidades portuguesas com maior qualidade de vida e onde é mais barato comprar casa, tem agora duas novas ambições: ser Capital Europeia da Cultura em 2027 e afirmar-se como destino de Natal. Se o primeiro objetivo vai precisar de alguma paciência até ser conhecido o resultado (há 12 cidades na corrida), a segunda meta parece já ter sido alcançada. 
 
 
 
Em dezembro, a Praça da República voltou a transformar-se na Praça Natal, com decoração temática, trenós, anjos, presépio, carrossel francês e a sempre acolhedora Casa do Pai Natal. Além da iluminação no centro histórico, também o edifício da Estação Ferroviária exibe um espetáculo de luzes, integrado no Rima - Rede Intermunicipal de Cultura e Arte. Um Feirão do Mel e das Rabanadas, a terceira edição da exposição de presépios artesanais, a oitava Corrida de São Silvestre e ainda a feira de artesanato "Mercado à Mão Natal" são propostas mais do que suficientes para justificarem a deslocação a Viana do Castelo, uma das poucas cidades portuguesas onde é possível encontrar imóveis com vista rio, serra e mar ao mesmo tempo. E onde, talvez também por isso, cada vez mais pessoas procuram moradias e apartamentos para fixar residência. A Imobiliária ENTREPORTAS, com dois escritórios abertos na cidade, é líder de mercado na região.
 
Esta transformação sazonal da capital do Alto Minho em "destino de Natal" não é apenas uma ideia romântica, visa também atrair visitantes da Galiza, Porto e Braga, que representam, no seu conjunto, um universo de sete milhões de habitantes. Isso mesmo explicou, recentemente, o presidente da Câmara do município, Luís Nobre, quando apresentou, em conferência de imprensa, o programa elaborado em parceria com a Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC), e que batizou como "Viana Coração do Natal". "Viana do Castelo começa a afirmar-se como um destino de Natal, fruto da estratégia que tem sido desenvolvida ao longo dos últimos anos e da aposta forte na comunicação em três espaços territoriais que, pela sua proximidade, são espaços de excelência: Galiza, Porto e Braga", reforçou. Este programa, continuou, envolve "todos os atores do território, desde agentes comerciais, económicos, culturais e também o movimento associativo". E tem objetivos muito claros: "Afirmar a cidade e o concelho como destino de excelência, ajudar a projetar e a incentivar as visitas à cidade e dinamizar a economia". 
 
O conjunto de iniciativas em curso pretende também passar uma "mensagem de força". O autarca explicou porquê: "É uma mensagem forte, que tem muito a ver com o Natal, mas que tem também muito a ver com a nossa identidade, com a capacidade que temos de receber quem nos visita, com alegria e com vontade de projetar as tradições e as vivências que nos distinguem de outros territórios". Uma dessas tradições de Natal da cidade é o Bananeiro, que se cumpre em pleno centro, com a banana e o cálice de moscatel. O ritual foi realizado durante 60 anos na Casa Riolanda, entretanto encerrada devido à morte da proprietária. Apesar de se chamar Casa Riolanda, a designação de Bananeiro foi atribuída pela fama de comercializar as melhores bananas da cidade. No interior, a loja tinha um pequeno balcão onde servia bebidas, com destaque para o moscatel. Esta tradição foi resgatada em 2016, pelo Santa Luzia Futebol Clube, e materializa-se desde então num convívio que junta centenas de pessoas.
 
Todos os eventos da quadra natalícia vão acontecer em pontos distintos da cidade, para criar um percurso que conduz os visitantes por várias zonas do centro histórico". Ali, o Natal vai prolongar-se até ao dia 9 de janeiro de 2022.
 

Viana do Castelo

 

 

 
 

 

"Viana, Mar de Cultura" 
 

No início do próximo ano, Viana do Castelo volta a focar-se na candidatura "Viana, Mar de Cultura" com que se propõe ser Capital Europeia da Cultura em 2027. A candidatura está centrada "no mar, na identidade, nas letras, nas artes, artistas e ofícios, sem esquecer os marcos históricos do percurso da cidade e da região". A decisão final sobre a cidade vencedora será tomada em 2023, por um júri composto por 12 peritos, entre os quais 10 nomeados pelas instituições da União Europeia e dois pelo Governo português.

O comissário da candidatura de Viana é Gonçalo Vasconcelos e Sousa, professor catedrático da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa, coordenador do doutoramento em Estudos do Património, académico da Academia Portuguesa da História e da Academia Nacional de Belas-Artes e presidente da Federação dos Amigos dos Museus de Portugal. Já a Comissão Executiva é constituída por Joaquim José Escaleira, Mário Barroca, Rosa Maria dos Santos Mota e Valter Hugo Mãe.

De acordo com os documentos públicos, para o município de Viana do Castelo, esta candidatura representa "um processo de reflexão, diálogo e participação, com a ambição de potenciar a cidade e dar-lhe mais força para os desafios do século XXI", tendo por base "um mundo de cores e emoções, baseado na alegria da população, na vivacidade e no dinamismo do território e no respeito transversal por todas as gerações". Os objetivos passam por "reabilitar, reclassificar e construir uma rede de infraestruturas culturais, baseada na proximidade e na diversidade, num esforço que visa o bem comum". São ainda objetivos da candidatura "integrar a oferta cultural no desenvolvimento de soluções urbanas sustentáveis, qualificar os agentes culturais da cidade, conferindo-lhes mais e melhores ferramentas de desenvolvimento".

A proposta "Viana, Mar de Cultura" pretende ainda "aumentar e diversificar o programa cultural e artístico da cidade ao promover uma maior cooperação entre entidades e agentes culturais, com o propósito de desenvolver uma oferta mais articulada e inclusiva". A "criação de redes com outras cidades europeias e regiões é também uma prioridade, para promover a inclusão e a partilha colaborativa".

Entre os objetivos, constam ainda o desejo de "encorajar uma maior participação e consumo público do programa cultural existente, promovendo uma expansão de novas audiências e de novas temáticas, nomeadamente por reforçar a aposta na componente de arte contemporânea". Visa igualmente "qualificar e reabilitar espaços públicos para os tornar em espaços de excelência para a promoção de eventos culturais, apostando também no investimento na "inclusão de territórios, de grupos de pessoas, de culturas alternativas, minorias e outros grupos socioeconómicos que geralmente são excluídos de eventos culturais". Finalmente, o documento destaca como prioridade "a preservação de memórias, com a criação de condições de proteção, preservação, conservação e disseminação que possibilitem experiências educacionais culturais e artísticas, inerentes à perpetuação da cultura".
 
PESQUISAR
PEDIDO DE CONTACTO
PARTILHAR EM:

Imóveis em Destaque: Viana do Castelo

Santa Marta de Portuzelo, Viana do Castelo
€ 55 000
Venda de Lote Santa Marta de Portuzelo, Viana do Castelo
Ref.: VCC07918
220 m2
Soalhães, Marco de Canaveses
€ 15 000
Venda Terreno, Soalhães, Marco de Canaveses
Ref.: MC05809
4 000 m2
Aver-o-mar, Amorim e Terroso, Póvoa de Varzim
€ 66 000
Venda de Terreno com 1470m2 em A Ver-o-Mar, Póvoa de Varzim
Ref.: PV09957
1 470 m2 1 470 m2
Póvoa de Varzim, Beiriz e Argivai, Póvoa de Varzim
€ 230 000
Venda de Terreno com 5688 m2 para construção, Beiriz, Póvoa de Varzim
Ref.: PV02800
5 688 m2 5 688 m2
Barroselas e Carvoeiro, Viana do Castelo
€ 67 000
Venda de terreno para construção, Barroselas, Viana do Castelo
Ref.: VCM13277
1 766 m2 1 766 m2
NOVO PREÇO
Santa Maria Maior e Monserrate e Meadela, Viana do Castelo
€ 73 000
Venda de Escritório, Centro da Cidade, Viana do Castelo
Ref.: VCC12902
50 m2
Copyright 2018 © ENTREPORTAS.  |   LUXIMO'S